Vila Nova de Gaia, a cidade das caves e das praias

Pensou em vinho do porto, foz do Rio Douro, litoral de praias belíssimas e um povo com história milenar? Pensou em Gaia
20190215_155408
Vila Nova de Gaia e suas praias

Vila Nova de Gaia é conhecida pelas suas empresas de vinho – de onde recebe a produção diretamente do Alto Douro Vinhateiro. Portanto, conhecer as caves de vinho no Centro Histórico é essencial. Lá, poderá degustar o famoso vinho do Porto e também o vinho do Douro.

Gaia é também famosa por compartilhar a Foz do Rio Douro com a cidade do Porto, na linda Praia do Cabedelo. Então, visitar Vila Nova de Gaia é usufruir de momentos de lazer, pois ao percorrer seus 17 km de litoral você encontrará muitas opções de bares e esplanadas à beira-mar.

Vila Nova de Gaia é o terceiro município mais populoso de Portugal, com mais de 300 mil habitantes (atrás apenas de Lisboa e Sintra). É a cidade mais populosa da região Norte e pertence à Área Metropolitana do Porto. Para surpresa de muitos, o município do Porto é menor: tem 215 mil habitantes.

As atividades turísticas oferecidas por Gaia são inúmeras. Por isso, ao visitar as freguesias desta cidade, descobrimos histórias surpreendentes, paisagens encantadoras, igrejas milenares e um povo acolhedor e simpático.

GAIA E SUAS IGREJAS SECULARES

MOSTEIRO DA SERRA DO PILAR

Talvez o monumento mais visitado em Gaia seja o Mosteiro da Serra do Pilar. Lá do alto, você pode avistar boa parte do Centro Histórico da cidade do Porto e apreciar a charmosa ponte Luis I. Por certo, você também irá adorar a vista privilegiada que se tem do Rio Douro!

MOSTEIRO DE GRIJÓ

Mas você sabia que o Mosteiro nem sempre foi ali naquele local? Originalmente, havia o Mosteiro de Grijó, que foi criado antes mesmo de Portugal virar nação (nos idos anos de 922). Em virtude disso, é patrimônio nacional. E você pode visitá-lo, lá na freguesia de Grijó, que fica a 20 km do Centro Histórico do Porto.

No início do século XVI, o convento encontrava-se em ruínas. Por este motivo, João III, de Portugal, autorizou sua transferência para a serra de São Nicolau, em Gaia (Mosteiro da Serra do Pilar). No entanto, nem todos os clérigos concordaram com a transferência. Desse modo, em 1566, o Papa Pio V separou os dois mosteiros. Com o retorno dos monges a Grijó, foram feitas reformas na igreja. A restauração se estendeu de 1572 até 1629, com a conclusão da capela-mor.

É ainda no Mosteiro de Grijó que se encontra o túmulo de Rodrigo Sanches, filho ilegítimo do Rei D.Sancho I (filho do Rei Afonso Henriques – fundador de Portugal). Conforme estudos, este túmulo é considerado o mais antigo exemplar dos monumentos funerários portugueses a possuir estátua jacente, isto é, que tem a figura esculpida em alto-relevo do falecido deitado sobre sua sepultura.

CAPELA DO SENHOR DA PEDRA – Relíquia religiosa de Gaia

Surpreendentemente, caminhando pelas areias repletas de pedrinhas coloridas, avistamos uma construção edificada sobre grandes rochas ali mesmo, dentro do mar! Em contraste com o céu alaranjado, vemos uma pequena construção branca, que parece tão delicada. Mas está ali, sobre rochas firmes, que a sustentam, desde sua edificação em 1686. Em princípio era um altar pagão: os homens que ali viviam realizavam rituais à luz da lua. Sobre as rochas, pediam proteção das divindades da natureza.

Romaria do Senhor da Pedra

A tradição nos fala que a capela do Senhor da Pedra ora pertence ao mar como à terra. Anualmente, o povo da região celebra a Romaria em honra ao Senhor da Pedra, com apresentações folclóricas, desfiles tradicionais, celebração de missa e procissão. Ao final, celebram com muitos fogos de artifício. As festividades ocorrem entre maio e junho e duram três dias. Com toda a certeza é uma linda festa popular!

In: Revista Ilustração Portugueza. 17 de junho de 1912.

Por conseguinte, a fotografia da lindíssima paisagem da capela e seu entorno tem sido motivo de procura por muitos fotógrafos – profissionais ou não. Em virtude disso, muitas noivas escolhem esta paisagem para eternizar os ensaios fotográficos para seus casamentos.

A capela fica na Praia de Miramar, freguesia de Gulpilhares, a poucos minutos da cidade do Porto. No entorno da Capela há uma bela avenida com muitos chafarizes! Sem dúvida, é um local bem bacana para estar com a família!

É provável que você não resista a apreciar cada pedrinha colorida. Impossível não registrar fotografias e filmagens da beleza ímpar desse cantinho do paraíso. Seja na aurora ou no entardecer, a luz que cai sobre a capela e o mar criam imagens de inigualável beleza. Porque a cada novo dia, podemos nos deslumbrar com novas cores, nuances, nuvens, luminosidade! É realmente incrível!

FOZ DO DOURO – O encontro do rio Douro com o mar

A Praia do Cabedelo do Douro, de extenso areal, é um local muito visitado por turistas de todo mundo. É ali que o Rio Douro encontra-se com o Oceano Atlântico. Esta praia é parte integrante da Reserva Natural Local do Estuário do Douro. A fim de apreciar tamanha beleza, recomendamos ir ao mirante do Estuário, do qual se tem espetacular vista para o Porto e para Matosinhos, município vizinho.

Ainda é possível avistar o Terminal de cruzeiros do porto de Leixões, que também virou forte atração turística na região. Vale a pena esse passeio, pois é, de fato, uma região de rara beleza acentuada pelo pôr-do-sol e pelo movimento das ondas sobre as rochas.

PRAIA DA AGUDA – A vida marinha em Gaia

Na praia de Aguda foi construída uma baía, o que tornou suas águas propícias para o banho de mar. Por este motivo, o local tem sido muito procurado por jovens e famílias. É no imenso areal que os jovens praticam esportes e se divertem.

Foto gentilmente cedida pelo Sr. Álvaro Granja

Em virtude da calma e tranquilidade desta praia, são nas esplanadas à beira-mar que os turistas gostam de apreciar a vista, tomando um bom vinho e degustando as iguarias da região.

Na Praia da Aguda, há um lindo aquário, com flora e fauna aquáticas típicas da região. Na Estação Litoral da Aguda, você vai se surpreender com as inúmeras espécies de vida marinha. Entre os mais de 700 animais marinhos, você poderá observar a tartaruga, o polvo e a ranhosa…

Ainda na Estação Litoral da Aguda, você pode visitar o Museu das Pescas, com artefatos típicos dos pescadores da região. Assim, poderá conhecer um pouco melhor a história do povo da Aguda.

PRAIA DA GRANJA – Refúgio dos poetas

Diferentemente de outras praias da região, a Granja não é balneável, pois conta com a presença abundante de rochas. Por outro lado, isso a transforma num local de beleza inigualável.

Em virtude de toda essa beleza é que as famílias abastadas que viviam na cidade do Porto nos finais do séc. XIX e início do séc. XX tenham encontrado ali refúgio para seus momentos de lazer. E, por este motivo, que esta praia tenha sido escolhida por grandes poetas para construir suas casas de veraneio: Sophia de Mello Breyner (maior poetisa portuguesa) e Eça de Queiroz (autor de “Os Maias”, “O Primo Basílio”, “O Crime do Padre Amaro”, entre outros).

GRANJA – Praia secular

Para chegar à Praia da Granja, os moradores percorrem a belíssima Avenida das Árvores. O contraste entre o grande muro da Quinta da Granja com a beleza das copas floridas das árvores é uma paisagem de rara beleza. Percorra o caminho sem pressa e preste atenção nos pássaros e seus cantares. É provável que você se surpreenda com esse cantinho ao sul de Gaia.

ARCOZELO e sua santinha

Maria Adelaide nasceu no Porto em 1835. É considerada, pela devoção popular, como santa e seu centro de devoção localiza-se em Arcozelo, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto. Quando jovem, ficou muito doente. Por este motivo, os médicos recomendaram a urgente retirada para uma zona marítima, onde houvesse pinheiros e eucaliptos. Então ela mudou-se para Arcozelo.

Durante o tempo que lá viveu, graças ao clima salubre e ao convívio positivo com a população, sua saúde melhorou e ela retomou algumas de suas atividades como a confecção de renda e doces conventuais. Com as receitas assim obtidas suportava as suas despesas e auxiliava a gente necessitada de Arcozelo. Por gostar de crianças, catequizava-as e, quando estavam com tosse, dava-lhes xarope, que ela mesma fazia. Da mesma forma, dava-lhes diariamente pão, doces e roupas. Ela estava sempre pronta a reconciliar lares conflituosos. E, por causa disso, tornou-se estimada por sua grande bondade.

De súbito, uma forte gripe agravou seu estado de saúde, vindo a vitimá-la em setembro de 1885. Dessa forma, Maria Adelaide foi sepultada no cemitério de Arcozelo. Posteriormente, em 1915, a Junta de Freguesia ordenou a limpeza dos túmulos. O coveiro, ao abrir o jazigo, encontrou o corpo intacto de uma senhora e suas vestes, exalando um forte cheiro de rosas (30 anos após sua morte).

Capela e Museu

A população exaltou-a como santa e construiu uma capela, onde colocaram seu corpo. Embora não esteja canonizada pela Igreja, são numerosas as pessoas que visitam o seu santuário, solicitando a mediação para obterem graças e pagando as promessas feitas em sua devoção. No museu há mais de 6000 vestidos de noiva, vestidos de batizados, comunhão, moedas e notas de mais de 25 países, Além disso, há peças de artesanato, cerâmicas, colares, anéis, cordões, velas, cera, próteses, cabelos cortados, relógios, camisolas de jogadores de futebol, oferecidos à Santinha como agradecimento aos milagres concedidos. Certamente, ao visitar esse lugar místico, você irá surpreender-se com a força da fé do povo da região.

Ao lado do Museu há um Parque de Merendas, e o início de um passadiço de madeira, que vai dar na Praia de Miramar. Depois que você estiver aqui, aproveite pra respirar o ar puro e caminhar com tranquilidade em meio às árvores!

EVENTOS EM GAIA

Há muitas festas tradicionais em Gaia que vale a pena conhecer! Muitas são religiosas e mostram a fé do povo da região. Veja abaixo as principais festas:

FESTA DE SÃO JOÃO – a melhor festa do norte de Portugal

Não é nada fácil explicar a dimensão do que essa festa significa. Além de uma festa religiosa, é uma grande confraternização. Já que as famílias e amigos se reúnem para jantar e festejar a grande noite. O cardápio é sardinha na brasa acompanhada de broa. E um bom copo de vinho!

Na véspera de 24 de junho, uma multidão desloca-se para as margens do Rio Douro, em volta da ponte D.Luis I, para apreciar o show pirotécnico musical. O apito dos martelinhos se espalha pela cidade e você vai receber muitas marteladas na cabeça. Antigamente, era assim que os rapazes tentavam chamar a atenção das raparigas: batendo com os alhos-porós nelas (que hoje foram substituídos pelos martelinhos de plástico). 

As ruas ficam repletas de idosos, crianças, jovens, pessoas de todas as nacionalidades compartilhando alegria num clima de muita cordialidade! 
Assim como os fogos de artifício iluminam os céus do Porto, você vai poder apreciar a subida dos balões de ar quente, que são lançados ao ar. É uma festa imperdível.

Festa de São Pedro da Afurada

É uma festa de pescadores, dedicada ao padroeiro São Pedro. O evento ocorre no fim de semana após ao dia 29 de junho. Enquanto sábado é noite dos fogos, no domingo é dia de procissão. A festa é comemorada com muita sardinha na brasa, acompanhada de broa de avintes.

Gaia e a interação com a natureza

Se você curte a interação com a natureza, não pode perder algumas atrações que só são encontradas em Gaia. Uma delas é o Parque biológico de Gaia, que é uma reserva natural e é o centro permanente de Educação Ambiental do País.

Ocupa uma área de cerca de 50 hectares. Lá, pode-se percorrer os caminhos, que tem placas orientativas. E observar as inúmeras espécies de animais que lá vivem. O Parque fica em Avintes, Vila Nova de Gaia.

E você não pode deixar de conhecer o Cantinho das Aromáticas, onde descobrirá maravilhas da agricultura biológica. Localiza-se numa bela quinta onde D. Pedro I e Dona Inês de Castro viveram no século XIV. O acesso é gratuito. Lá tem uma loja com casa de chá, onde os visitantes poderão degustar gratuitamente a nossa infusão diária e adquirir diversos produtos, assim como livros sobre o tema da agricultura biológica. Informe-se sobre os workshops e visitas abertas à Quinta.

E, caso tenha crianças, não deixe de conhecer o Zôo Santo Inácio. Lá, você poderá conhecer os Leões Asiáticos! Um enorme túnel, com 40 metros de vidro, atravessa o habitat dos Leões e permite ficar cara-a-cara, com estes imponentes felinos. Visite também os pinguins, lontras, lêmures, aves de rapina, dentre outros tantos animais. Com certeza será um passeio inesquecível.

Agora, se você gostar de passear por aí, sem dúvida vai adorar conhecer as zonas mais rurais de Gaia. Porque, ao se deparar com ruazinhas em curva e seus muros antigos, você terá a oportunidade de apreciar a gente simples da cultivando suas hortas.

SHOPPINGS

Para além do turismo de natureza, em Vila Nova de Gaia você poderá visitar grandes e bons shoppings, como o Gaia Shopping e o Arrábida Shopping, assim como grandes lojas de marcas.

Ainda há o El Corte Inglês (loja de departamentos), localizado no centro de Gaia. Na Avenida da República você encontrará muitas lojas, serviços, restaurantes. Como se pode ver, Gaia oferece opções para todos os gostos. Sem falar na vantagem que você poderá se deslocar até o centro do Porto, em menos de 5 minutinhos, pegando o Metro.

ESPORTES em Gaia

Por todo o litoral de Gaia, desde a Praia do Cabedelo (foz do Douro) até a Praia da Granja (limite sul de Gaia), você poderá aproveitar para fazer uma caminhada ou pedalar apreciando a maravilhosa vista pro mar. Desse modo, você pode usufruir dos passadiços de madeira e da ciclovia que se estende por toda a costa de Gaia. E ainda, se gosta de golfe, poderá visitar o Campo de Golfe de Miramar.

Portanto, se você ficou com muuuita vontade de conhecer Gaia e as maravilhosas opções de turismo que ela oferece, sabe que podes contar conosco. Entre em contato conosco e faça um orçamento.

Deixe um comentário

Enviar uma mensagem
1
Olá! Podemos ajudar?
Faça um orçamento sem compromisso. Deixe sua mensagem. Responderemos assim que possível. Muito obrigado!

Viver Bem Portugal